18 de out de 2012

TRANSFOBIA‏

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2012
MG
Na cadeia
Polícia prende acusado de matar Miss Gay, que estava foragido há 6 anos.
por Redação MundoMais
Suspeito estava foragido há 6 anos.Suspeito estava foragido há 6 anos.
Na última segunda-feira (15), Maciel Mota de Lima, de 30 anos, foi apresentado pela Polícia Civil de Minas Gerais como o autor do assassinato de uma travesti na cidade de Coruripe, em Alagoas. O crime aconteceu em 2006 e teve requintes de crueldade.
Identificada apenas com o nome de registro, a travesti, José Maciel da Cruz Silva, de 29 anos, que em 2004 venceu o concurso Miss Coruripe Gay, trabalhava como técnica de enfermagem e foi encontrada morta em sua cama. A vítima estava amarrada, com a boca colada com Super Bonder, e apresentava diversas marcas de faca pelo corpo.
De acordo com a delegada Ana Luiza Nogueira da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), o acusado mantinha relações sexuais com a travesti.
"Ele não disse para a polícia qual o motivo de ter assassinado o rapaz, mas admitiu que eles tinham um relacionamento amoroso", declarou a delegada.
Maciel Mota, que estava foragido há 6 anos, foi encontrado na cidade de Contagem (MG). O acusado apresenta histórico violento na polícia, em pelo menos seis Boletins de Ocorrências ele foi acusado por agressão física contra homossexuais.
Agora, Mota pode pegar de 6 a 26 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário